Plano-B

O Instituto

 

Antonio Carlos Jobim sempre foi apaixonado pelo Jardim Botânico. Seu nome tornou-se sinônimo de preservação do patrimônio ecológico e cultural do país e sua visão de mundo é sempre objeto de inspiração para as novas gerações. Sua constante preocupação com a ecologia nos levou à criação do Instituto Antonio Carlos Jobim, em maio de 2001, não somente para preservar e tornar público o seu acervo, mas também para desenvolver projetos educativos sobre ecologia e artes em geral.

Desde a criação do Instituto, a idéia de um local público para abrigar a memória e o acervo de Antonio Carlos Jobim, sempre foi associada ao Jardim Botânico, pela família e amigos do maestro, pelo amor que Tom sempre demonstrou pelo que chamava de “meu querido Jardim Botânico”.

A Casa do Acervo se encontra no Espaço Tom Jobim, dentro do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Abriga o acervo pessoal físico e digital de Tom Jobim, resguardando os originais do artista a fim de que as futuras gerações possam, da mesma forma, ter o privilégio de conhecê-los.

Com esse intuito, o Instituto desenvolve projetos de catalogação, conservação e disponibilização de acervos digitais de artistas que, assim como Tom Jobim, representam o Brasil e seus melhores valores. Atualmente, o espaço digital do Instituto abriga os acervos de Tom Jobim, Lucio Costa, Dorival Caymmi, Chico Buarque e Gilberto Gil. Os acervos de Milton Nascimento e de Paulo Moura estão em fase de implementação. A equipe do Instituto, bastante diversificada, é composta por músicos, pesquisadores, historiadores, designers e arquitetos, agregando qualidade à catalogação de cada acervo.

A Casa do Acervo tem um espaço permanente, recém inaugurado e aberto ao público, dedicado ao maestro Antonio Carlos Jobim. Neste espaço multimídia estão expostos, documentos, objetos pessoais, fotografias; livros para serem apreciados e consultados e ipads para o público navegar no portal do Instituto.

RUA JARDIM BOTÃNICO 1008, RIO DE JANEIRO - BRASIL (55) 21 2259 3237 | iacj@jobim.org